26 de mar de 2010

Crônicas de Alberathon



Os poderosos magos humanos controlam toda a extensão das Planícies de Daran, mantendo toda a população em prosperidade. As cidades e reinados crescem sob a tutela de seus reis e nobres, enquanto a segurança que não poderia ser mantida pelos guerreiros é mantida por estes disciplinados e cultos usuários da magia.

Os misteriosos elfos mantém-se muitas vezes isolados, porque, em suas terras verdejantes, Mirygard e Elfelian, nenhum inimigo é bem-vindo. Até mesmo seus aliados são tratados com cautela, pois os antigos segredos dos imortais devem ser mantidos em segurança.

Desfrutando de toda a liberdade que uma vida pacifica lhes confere, os enigmáticos centauros passeiam em suas tribos nômades por todas as terras que lhes querem bem.

Aos anões resta a hospitalidade com aqueles que são considerados seus primos e semelhantes, e a lâmina de seus machados e ira de seus artesãos quando se trata de seus inimigos. Os planaltos recheados de sublimes montanhas em Myrmyn são as terras que essas criaturas de baixa estatura conhecem como um lar.

As montanhas Mirron, apesar de serem inóspitas, abrigam os povos bárbaros. Taurens, gigantes, orcs, trolls, goblins e gnolls são encarcerados através dos Portões do Exílio. De lá, eles invejam os aliados por suas terras prósperas.

Astutos no controle das chamas e naturais de Colspak, os Sraths invadiram o continente através das desoladas terras áridas de Guliah. De lá ameaçam o poderio dos humanos, embora nunca tenham adquirido qualquer vantagem.

Com o poder da magia negra como aliada, os elfos negros de Durhan Flowddy vivem apenas para ameaçar os elfos e os humanos com suas empreitadas de conquistas e pilhagens aos seus territórios.

Vagando pelas regiões mais improváveis, os mortos-vivos e lycans levam morte e destruição por onde quer que passem.

E, alheios a tudo isso, vivem os anciões e imortais draconianos em seu tropical arquipélago chamado Mandrakory.

Este é Alberathon, um mundo repleto de magia e mistérios, onde a história sempre está sendo mudada. E, quando todas estas raças começarem a presenciar a ascensão da quinta era, as Crônicas terão seu início.


Crônicas de Alberathon



Kamui Black

Nenhum comentário:

Postar um comentário